Astrologia Horária

Astrologia Horária é antes de tudo uma arte: responder a uma pergunta através de um mapa; a partir do momento e local em que o astrólogo aceita a questão.

A Astrologia Horária responde a qualquer tipo de questão: localização de objetos perdidos, relacionamentos afetivos, celebridades, questões de ordem política e mundial.

Por ser uma técnica de predição, urge uma maior difusão da Astrologia Horária, tanto em sua teoria quanto na prática.
É também um resgate da memória da Astrologia, pois informa como a mesma era vista e tratada antigamente. Um dos livros mais antigos sobre Astrologia Horária é da fase grega e do século 1: Carmen Astrologicum de Dorotheu de Sidon.

A Astrologia Horária era a vertente mais popular durante a Europa Medieval. Naquela época, a maioria das pessoas não sabia a sua hora de nascimento, uma vez que relógio era muito caro, e somente reis e nobres tinham condições de fazer o seu mapa natal.

O astrólogo inglês William Lilly (1602 -1681) é uma referência da fase medieval da Astrologia Horária e seu livro Astrologia Cristã é leitura recomendada.

Ao final do século XVII, com o advento da Revolução Industrial a Astrologia caiu em descrédito e ficou em esquecimento. Somente por volta de 1900 veio surgir a Astrologia Moderna, sofrendo influências da Psicanálise de Freud e depois da Psicologia Analítica de Jung. Devido a isso, essa Astrologia seguiu uma linha mais subjetiva.

Com relação à Astrologia Horária, voltou a ser estudada somente nos anos 60, e na Europa. No Brasil isso aconteceu pelos idos dos anos 80. De lá para cá, a astrologia Horária difundiu-se mais pelo Brasil e pelo mundo. Hoje em dia, há astrólogos conhecidos por exercerem essa arte, como John Frawley e Lee Lehman.

EXEMPLO 1:

Quem será o presidente do Brasil?

Pergunta feita no dia 06 de outubro de 2018 e postada antecipadamente no Facebook: https://www.facebook.com/astrologiaecompanhia/posts/1492208677589869

O presidente é Saturno domiciliado e conjunto ao Meio-do-Céu: uma ascensão do conservadorismo e da ordem.
Marte exaltado e no domicílio de Saturno: o Brasil apostando alto nesse futuro presidente.
O perfil é de um conservador (Saturno), militar (Marte), seduz multidões (Vênus) , religioso (Júpiter)e defensor da família tradicional (Lua).
Saturno no exílio da Lua: o feminismo resistirá a esse presidente.

EXEMPLO 2:

Quem será o presidente dos Estados Unidos?

Vênus é o regente da hora e está em trígono com o Ascendente. Esse posicionamento indica tratar-se de um mapa radical, que pode ser julgado. Stellium em Capricórnio na casa 1 entre Júpiter, Saturno e Plutão: serão eleições tumultuadas e com possibilidades de convulsões sociais. O atual presidente é representado pelo Sol em queda e na casa do Poder Executivo. Isso mostra ele fraco e limitado. Sol no grau 19 de Libra, o grau oposto da exaltação do Sol em 19 graus de Áries, o ponto de maior queda do Sol.

Sol em oposição com Marte em Áries (domiciliado) e retrógrado. Marte representa o candidato da oposição e em breve retornará ao movimento direto, ele irá avançar. Sol tem Vênus como dispositor.  Vênus representa o presidente do Brasil. Vênus em Virgem, semelhante ao Sol, está na sua queda: o presidente do Brasil também está sem forças.
Vênus na casa 9 (estrangeiro, mundo) diz que o presidente do Brasil reporta-se ao governo americano.

O presidente americano também é representado por Mercúrio, sem nenhuma dignidade (peregrino). Isso reforça de que ele está vulnerável e com baixa evidência. Mercúrio e Vênus em sextil exato, existe estreita interação entre o presidente daqui e o de lá. Mercúrio a 11 graus de Escorpião e na complicada Zona Combusta.

Mercúrio tem Marte como dispositor e trata-se do candidato da oposição. Isso desvela que o presidente americano está focado no seu opositor. Mercúrio lento e quase retrógrado mostra que ele andará para trás. A Lua é o planeta mais importante em Astrologia Horária. Na casa 8 aponta portanto um final de fase. Lua em Translação de Luz de Sol para Marte revela troca de poder na Casa Branca.

http://www.grupomeiodoceu.com/internas/2020/10/17/quem-sera-o-proximo-presidente-americano/?fbclid=IwAR0FShB4rv1h2BEHzJpK9tKmYg-hnCYW6Zp9EuxC6vBeiw4Zy4TE4EzQImI

EXEMPLO 3:

O que vai acontecer com Tarcísio e Glória?

Perguntei ao céu sobre a situação de Tarcísio Meira e Glória Menezes no dia 07 de agosto.
Ele é Marte peregrino na 6 e mostra que estava doente.
Ela é Vênus em queda e também na 6: doente.
Marte e Vênus no domicílio e exaltação de Mercúrio: problemas no sistema respiratório.

Mercúrio e Lua combustos estão debilitados.
Vênus em antíscia com o Ascendente promete uma melhora para ela.
Apesar do júbilo, Marte rege a fatídica casa 8 (morte) e, infelizmente, foi o que aconteceu com ele.

Por questões éticas, perguntas sobre mortes de pessoas não são publicadas antecipadamente.

https://www.instagram.com/p/CSerILYHYUY/

Comente